Open post
Benefícios do curso online

8 Benefícios de se inscrever em um curso online

Conheça os 8 benefícios de se inscrever em um curso online, aqui neste artigo.

A educação online não é a melhor opção para todos, mas é uma possibilidade que permite o sucesso na educação e no treinamento para iniciar um negócio, complementar o seu currículo, adquirir uma profissão, se qualificar para ingressar rapidamente no mercado de trabalho, entre outros.

Além disso, para quem deseja se preparar para concursos públicos ou prestar um vestibular muito concorrido, existem plataformas de rateio de concurso, cursos grátis, etc.

Deseja fazer um curso online, mas ainda não tem certeza se é uma boa escolha? Confira a seguir quais os 10 benefícios de se inscrever em um curso online:

1. Liberdade de escolha

A educação online permite escolher cursos e treinamentos, independentemente de onde você estiver, sem limitações de distância ou geografia. Você pode estudar o que quiser, onde e quando quiser

2. Flexibilidade

Os cursos online oferecem flexibilidade para que você possa cumprir suas outras ocupações e responsabilidades, sem deixar de lado a educação continuada.

3. Rede de Contatos

A educação online permite que você entre em contato e faça negócios com estudantes e empresários de todo o mundo, que além de enriquecer sua educação, podem ser conexões importantes para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

4. Ritmo próprio

Os cursos online permitem que você estude no seu próprio ritmo, sem pressão, com calma para entender todos os conceitos no seu próprio ritmo.

5. Horários para atender você

Os cursos online permitem que você estude ao seu horário para não negligenciar suas ocupações ou outros planos educacionais.

6. Economize sua poupança

A educação online geralmente é mais barata que os cursos presenciais, pois as empresas gastam menos com aluguel de estabelecimento, funcionários para serviços adicionais, impressão de materiais, etc.

7. Evite custos de viagem e transporte

Estudantes e empresários que escolhem a educação online não precisam perder horas e horas de viagem e dinheiro em transporte para fazer seus cursos.

8. Eficácia de aprendizagem

A educação online é muito eficaz, pois permite que o aluno estude no melhor horário para absorver o conteúdo, possibilita que todas as dúvidas sejam atendidas, pois o aluno não precisará ter vergonha de perguntar sobre um assunto, pode rever as aulas quantas vezes desejar, etc.

Os cursos online são tão reconhecidos quanto os presenciais, você adquire o diploma e ainda tem total flexibilidade para estudar de acordo com o seu cronograma.

 

Open post
Home office

Quais as vantagens de trabalhar em home office?

Trabalhar em casa se tornou a melhor alternativa nos últimos meses, pois com a pandemia de covid 19 e o distanciamento social sendo necessário para manter as pessoas fora de risco de contaminar, surgiu essa nova maneira de trabalhar conhecida como home office.

Essa nova maneira de trabalhar traz inúmeras vantagens, saiba quais são elas aqui no artigo.

Vantagens de trabalhar em home office

Se você ainda não trabalhou em home office veja como você pode tirar proveito dessa nova forma de trabalhar em casa e ao mesmo tempo estar interagindo com seus colegas de trabalho, além dessa vantagem veja o que mais você vai ter ao trabalhar dessa forma.

Montar um escritório em casa pode ser a melhor solução para quem não pode parar de trabalhar e tem essa oportunidade. Milhares de pessoas estão optando por essa forma de trabalhar, pois ela traz inúmeras vantagens, mas é preciso ficar atento, pois também tem suas desvantagens. Como estamos aqui para falar das vantagens de trabalhar home office, vamos a elas.

home office pessoas
Home office

1ª Vantagem – Proximidade da Família

Ter o escritório em casa pode ajudar você a conviver mais tempo com sua família, pode sair do escritório e brincar com seu filho, dar um abraço em quem ama e até brincar um pouco com o cachorro, afinal ele também é da família.

2ª Vantagem – Maior Independência

Você faz os seus horários de trabalho, pode acordar e ir direto para o escritório que fica na peça ao lado. Pode dormir até mais tarde e ir até mais a noite trabalhando. Tem pessoas que rendem muito mais a noite para trabalhar, as ideias surgem com mais facilidade, são mais criativas.

Existe até curso profissao home office no mercado para ajudar as pessoas.

3ª Vantagem – Redução do Estresse do trânsito

Você não precisa se preocupar em sair correndo para pegar o metrô, ou ir de carro e enfrentar o trânsito caótico das grandes metrópoles. Encarar filas imensas de congestionamento, buzinas a todo instante nos seus ouvidos, procurar um estacionamento, enfim são muitos problemas que são evitados.

4ª Vantagem – Alimentação mais saudável

É o fim dos fast-food, dos salgadinhos cheios de gorduras e conservantes e das marmitas. Você pode se alimentar de forma saudável, comer frutas, tomar sucos naturais e fazer uma alimentação balanceada, em casa.

5ª Vantagem – Redução de custos

Você não precisa pagar aluguel, gastar com combustível de carro, não vai gastar com refeições, e não precisa se preocupar com infraestrutura, você vai poder economizar muito mais se trabalhar home office.

6ª Vantagem – Definição do horário de trabalho

Se você se sente mais produtivo a noite, pode dormir até mais tarde pela manhã e deixar para trabalhar a noite, pode adiantar seu serviço e tirar uma tarde ou manhã de fola, dependendo da ocasião poderá tirar o dia de folga.

7ª Vantagem – Auto-gerenciamento  profissional

Você é seu chefe, faz seu próprio horário sem ter que dar satisfação a ninguém, faz as suas metas e as programa. Escolhe se quer fazer semana inglesa.

Com essas vantagens você já pode perceber o quanto trabalhar home office é interessante. Descubra em você um novo jeito de ser um excelente profissional, sem precisar sair de casa.

Conclusão

Bom pessoal, esperamos que as dicas sejam úteis e que consigam trabalhar de home office com sucesso.

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários!

 

Open post
brincadeiras que desenvolvem as crianças

7 Brincadeiras que contribuem para o desenvolvimento infantil

O desenvolvimento de uma criança pode ser feito de várias maneiras, por atividades de alfabetização, informações teóricas, desenvolvimento emocional, cognitivo e social. As diversas formas de contribuir para o desenvolvimento de uma criança podem se iniciar pelas brincadeiras, pois é uma estratégia 100% eficaz e desenvolve as características mais importantes para o crescimento de uma pessoa.

brincadeiras que desenvolvem as crianças.

Quando a criança está brincando, ela navega em um mundo de imaginação, além de despertar muitas sensações positivas, e levar as crianças a prestar muita atenção em assuntos diversos. O mais importante, é a criança estar sempre com muita alegria, que é o sentimento principal nessa etapa da vida.

Quando a criança está realizando alguma brincadeira, propriedades importantes estão sendo trabalhadas. No decorrer desse artigo, vamos mostrar 7 brincadeiras que atuam positivamente para o desenvolvimento infantil, além de deixar as crianças no mais puro sentimento de alegria.

Amarelinha

Quando a criança vai brincar de amarelinha, ela precisa marcar a casa em que não pode pisar colocando uma pedra. Após a marcação é necessário que a criança atravesse todo o desenho sem pisar na casa em que ela marcou no início, e após ela completar todo o percurso, quando estiver voltando, é necessário pegar a pedra na casa em que ela jogou lá no início.

brincadeiras que desenvolvem as crianças

A criança começa escolhendo pela casa número um, e logo após é só seguir a sequência de números pela ordem. A amarelinha colabora com dois pontos importantes para o desenvolvimento infantil, a coordenação motora e as noções básicas em matemática.

Faz de conta

Essa é uma das mais completas em relação ao desenvolvimento das crianças. Funciona de modo que a criança simula coisas reais, ou seja, ir ao médico, supermercado, um passeio, ou uma situação adversas de interesse da criança. 

Dentro da história os participantes assumem seus papéis e deixam a história fluir levando a imaginação além da conta. Essa brincadeira tem como benefícios para as crianças, o desenvolvimento de sua criatividade, habilidades de comunicação, fala e escuta.

Brincar de bolinha de gude

Essa é uma das brincadeiras mais antigas, e muito atraente para as crianças. Essa brincadeira pode ser jogada de várias formas, mas a mais comum, é fazer um desenho de um círculo no chão, onde o primeiro jogador joga a bolinha, e os próximos precisam acertar a bolinha do jogador anterior, e o objetivo principal é ganhar a bolinha dos adversários.

brincadeiras que desenvolvem as crianças

Essa brincadeira contribui para a concentração da criança, além da coordenação motora, e estratégias iniciais.

Brincar de caça ao tesouro

De preferência uma pessoa adulta precisa esconder algo que vai ser o tesouro, pode ser um objeto qualquer ou um prêmio, como algum doce, um brinquedo ou comida. Logo após é necessário elaborar pistas para ajudar as crianças a encontrar o tesouro.

A realização dessa atividade, auxilia no desenvolvimento com o raciocínio lógico, concentração, a realização de montar uma estratégia e agilidade.

Desenhar e pintar

Pode parecer algo simples, fazer um desenho em um papel, mas é uma atividade muito estimulante para as crianças e muito importante para a sua infância. Pintar coloca toda a criatividade que a criança tem em ação. 

Fale sempre para a criança desenhar o que ela quiser, também traga materiais de qualidade e adequados. Essa brincadeira desenvolve as habilidades motoras, além da criatividade a imaginação é muito utilizada.

Esconde-esconde

Essa é uma das brincadeiras mais conhecidas. Para brincar de esconde -esconde basta uma pessoa ficar em algum canto, e fazer uma contagem até determinado número, enquanto as outras crianças vão se esconder, e quando a pessoa que está contando terminar, é necessário ir procurar os outros participantes.

brincadeiras que desenvolvem as crianças

O esconde-esconde ajuda no desenvolvimento infantil, aumentando a agilidade da criança, o seu raciocínio lógico, a sua capacidade motora.

Stop

Um grupo de crianças escolhe um tipo de categoria para brincar, depois disso jogam as mãos e contam o resultado como se fosse o alfabeto, e a letra que cair será utilizada nessa rodada.

Quem termina primeiro tem que falar STOP, em seguida todas as crianças devem parar com a sua brincadeira. Quem somar mais pontos ao final da brincadeira vence a rodada. Essa brincadeira ajuda no desenvolvimento da criança com o raciocínio, e a memória que são muito utilizados.

Essas foram as 7 brincadeiras que mais fazem as crianças se desenvolverem. Você que é pai, é fundamental a sua participação para que a criança se sinta segura. Realizando essas brincadeiras por várias vezes, os pais verão uma mudança de comportamento na criança, a evolução que todos nós esperamos em nosso filhos.

Open post

Curso de Odontologia: 5 dicas para se dar bem na faculdade

Segundo o próprio ENEM, o curso de odontologia juntamente ao de medicina é o mais concorrido do País. A prova disso, é que hoje o Brasil concentra o maior número de profissionais da odontologia no mundo, são cerca de 330 mil dentistas.

É um número bastante expressivo, não é mesmo? Pois é! E todos esses profissionais hoje formados e em exercício passaram pelo frio na barriga do vestibular e a tensão das provas finais.

Antes poder mudar a vida das pessoas e devolver sua saúde e autoestima, é preciso passar por pelo menos 4.000 horas divididas em 5 anos exigidas pela graduação em odontologia.

Quer saber como ter sucesso na faculdade e conquistar o tão sonhado jaleco? Leia este conteúdo e confira todas as dicas!

Faça anotações

A primeira dica é clichê e serve para qualquer curso, porém a odontologia tem suas especificidades. Afinal, no começo você está sujeito a esquecer onde fica o músculo levantador do véu palatino, não é mesmo?

Para evitar o esquecimento considere toda informação repassada pelos docentes, conhecimento nunca é demais e lá na frente eles com certeza serão úteis. 

O ato de anotar te ajuda também na hora dos estudos e é um grande aliado da organização e produtividade.

Tenha o seu objetivo em mente

Alguns futuros dentistas sonham em abrir o seu próprio consultório, montar sua própria agenda e se especializar em uma área específica.

Já outros têm o mesmo objetivo e pretendem trabalhar também com planos odontológicos e há ainda aquele que queira apenas servir a um plano odontológico para ter pacientes com mais facilidade.

Entretanto, foque no seu objetivo independente de qual seja ele e vise sempre antecipar imprevistos, que trocadilhos e ironias do destino à parte, sempre vão acontecer.

Dica bônus: você está na faculdade de odontologia para colaborar com a qualidade de vida das pessoas e esse é um propósito bastante nobre, porém pense também em suas metas e desejos pessoais.

Aproxime-se dos professores e colegas de classes

Você é o grande responsável pelo seu sucesso, mas essas pessoas podem ter uma parcela significativa nisso!

Sabe aquele clichê de faculdade em que os pais falam “aproveite essa fase, vai ser a melhor época da sua vida’’? Eles não mentiram em nenhuma letra.

E esse momento da vida passa por conhecer pessoas e lugares e expandir os horizontes por meio do conhecimento.

Converse com professores sobre seus anseios em relação ao curso e profissão, tire dúvidas específicas e faça networking. Você certamente encontrará essas pessoas no futuro, elas podem te ajudar e vice-versa.

Conheça a parte empresarial do ofício

Essa será a sua profissão em um futuro próximo e evidentemente você precisará dominá-la tecnicamente com todos os procedimentos e tratamentos, mas é necessário ir além.

“O que isso significa?”

Calma, é mais simples do que parece.

Geralmente os dentistas são autônomos e acabam também sendo os administradores de seus consultórios (exceto quando trabalham para algum plano dental ou algo do tipo).

Neste caso, uma dica interessante é estudar paralelamente sobre os seguinte assuntos:

 

  • Marketing;
  • Gestão;
  • Administração;
  • Vendas.

Aproveite o seu estágio ao máximo

Talvez você tenha ingressado na faculdade com o objetivo de se tornar especialista em implantodontia ou ser um ortodontista de renome e trabalhar com plano ortodôntico, mas no meio do caminho despertou para outras áreas da odontologia.

Acredite, isso acontece em toda profissão e talvez seja a maior importância do estágio obrigatório.

O estágio é o momento de aprendizado prático e nele você vai interagir com diferentes pessoas, acompanhar diferentes “casos” e conhecer as inúmeras possibilidades da odontologia.

O conhecimento de causa te torna um profissional bem preparado e apto para agir em diferentes situações com frieza e competência.

É como dizem, nada substitui a prática. Portanto, dedique-se ao seu estágio e busque aprender coisas novas.

Conclusão

Não ceda à pressão do vestibular e depois da graduação em odontologia, com dedicação e seguindo essas dicas, é questão de tempo até você ter sucesso fazendo aquilo que ama.

Justamente por ser um curso concorrido e contar com inúmeros profissionais em atividade, a odontologia requer cada vez mais o aprimoramento e a busca pela diferenciação de quem a exerce.

As 5 dicas que você acompanhou ao longo deste conteúdo valem ouro e te ajudarão a ser um profissional exemplar e reconhecido no meio, porém nunca deixe de se dedicar aos estudos e cumprir às exigências dos órgãos regulamentadores da profissão.

Este conteúdo foi produzido por Ideal Odonto

 

Segunda graduação ou pós-graduação: como decidir?

Quer complementar o que aprendeu na faculdade ou então mudar de ramo? Existem algumas opções para isso. Mas como decidir entre uma segunda graduação ou pós-graduação? Neste artigo, vamos falar um pouco sobre os prós e contras de cada uma!

Antes de tudo, vale avisar que não existe uma resposta certa para todo mundo. Tudo vai depender das suas expectativas e também seus planos para o futuro. Independente da sua escolha, o mais importante é optar pela instituição de ensino correta, como a pós e a segunda graduação Estácio de Sá.

Mas agora sim, voltando para a sua escolha, existem muitos elementos para considerar. A seguir, você vai conhecer alguns deles. Olha só!

Segunda graduação ou pós-graduação: prós e contras

Segunda graduação

Vamos começar falando sobre as vantagens e desvantagens da segunda graduação. Essa opção é boa para quem quer mudar completamente de área, já que abre novos horizontes e possibilita a atuação em algumas funções que exigem cursos específicos, como Direito, Medicina ou Engenharia. 

Além de ser muito bacana para quem já tem uma carreira consolidada e quer cursar uma nova graduação por hobby ou pelo interesse específico em alguma disciplina. Em especial porque a segunda graduação costuma ter requisitos especiais de ingresso, que facilitam o retorno de quem já se formou. 

Por outro lado, encarar um curso do zero pode ser muito cansativo e nem sempre vale a pena. Principalmente se o que você procura é complementar seus aprendizados ou se especializar em determinado assunto. 

Afinal, uma graduação pode durar 4, 5 ou até 6 anos. Além de exigir, muitas vezes, estágios supervisionados e um trabalho de conclusão de curso dos alunos que pretendem ser formar. 

Devo cursar uma nova faculdade?

Então na hora de fazer a sua decisão entre segunda graduação ou pós-graduação, leve tudo isso em conta. Se a sua intenção é mudar de área, avalie se existe alguma forma de relacionar essa nova carreira com a sua formação original, com cursos livres ou uma pós-graduação. 

Caso não exista, vá em frente e faça sua matrícula para a segunda graduação! Também estude o mercado e veja qual o histórico acadêmico dos profissionais que atuam nele hoje. Assim, você consegue ter uma boa noção das suas oportunidades. 

Já se você quer incrementar o currículo, considere validar algumas disciplinas já cursadas. Ou então pesquise sobre os cursos tecnólogos, que valem como um curso superior, mas costumam ter duração mais curta e matérias mais focadas na prática. 

Pós-graduação

Já a pós-graduação tem a vantagem de ser mais curta, em média 2 anos, e costuma indicar para o mercado que você é um profissional mais sênior. Ou seja, agrega experiência e conhecimentos ao seu currículo. Assim como oferece ótimas oportunidades de networking entre os alunos e professores. 

Ela ajuda bastante quem quer se especializar em determinado tema, migrar para uma área relacionada ao que já estudou ou então seguir carreira acadêmica. Mas ela pode não ser suficiente se você quer mudar totalmente de carreira. Afinal, existem profissões regulamentadas que exigem formações específicas para exercer a função.

Além disso, uma pós pode não ser suficiente se você está fazendo uma mudança muito brusca. Um engenheiro que quer se tornar publicitário, por exemplo. Nesses casos, é importante avaliar qual o grau de complexidade do que você vai ver na pós-graduação. Assim, não vai cair de paraquedas nas aulas e ficar perdido nas disciplinas. 

Devo optar por uma pós-graduação?

Como você viu, a pós é uma ótima pedida para se especializar ou fazer transições mais suaves. Ela costuma possuir uma carga horária mais flexível para quem trabalha e pode ser muito importante para valorizar o seu currículo.  

Porém, se você quer dar uma guinada na vida, o melhor pode ser mesmo a segunda graduação. Já que vai precisar estudar alguns conceitos do zero. 

Como tomar a decisão?

A verdade é que a chave para tomar uma decisão adequada está no autoconhecimento, junto com um bom planejamento de carreira. Pense bem nos seus próximos passos e onde você se vê em alguns anos. Também estude bastante sobre o mercado, converse com outros profissionais e escolha uma boa instituição de ensino.

Afinal, a faculdade em que você estuda faz tanta diferença quanto a escolha entre segunda graduação ou pós-graduação. Ela determina, muitas vezes, como seu curso vai ser visto pelo mercado e também quais vão ser as suas oportunidades ao longo dos estudos. 

Muitas instituições, por exemplo, possuem programas de orientação vocacional. Isso ajuda os alunos a entenderem melhor suas carreiras e traçarem planos eficazes para chegar aonde querem. 

Da mesma forma, algumas universidades possuem também programas de estágio, intercâmbio e até promovem espaços de networking, que podem fazer toda a diferença no seu futuro. Muitas vezes, tanto quanto as aulas em si. 

Por isso, opte por uma faculdade com professores qualificados e uma infraestrutura moderna, que esteja conectada com o mercado de trabalho. Assim, você vai ter muitas oportunidades de se desenvolver e alcançar todos os seus sonhos profissionais!

 

Open post

O desenho na vida profissional

Além de ser uma atividade muito prazerosa, desenhar pode nos ajudar a lidar com nossas emoções. Portanto, o desenho é um aliado de nossa saúde mental.

Ao desenhar, também encontramos um espaço para fabular, o que estimula nossa criatividade.

O mero ato de rabiscar sobre uma folha de papel pode, ainda, exercitar a percepção, melhorando a atenção.

Ademais, ao elaborar um desenho, temos que mobilizar um esforço de concentração que envolve o movimento da mão e o olhar.

Mas você sabia que essa atividade pode vir a ser um grande diferencial também na vida profissional? Confira aqui neste artigo duas profissões modernas em que saber desenhar faz toda diferença!

Imagem retirada de “megafrases.com.br” – O melhor site de mensagens de bom dia domingo

Profissões para quem gosta de desenhar

Pessoas com aptidão para o desenho possuem certas facilidades em algumas áreas profissionais, conheça duas dessas áreas abaixo:

Design Gráfico

Em tempos de vida digital intensa, o papel do designer gráfico se tornou ainda mais preponderante.

Somente para exemplificar, com a disseminação do uso da internet, as empresas também passaram a investir em presença digital, o que não é possível de ser feito sem a atuação dos designers.

De fato, são esses profissionais que criam conteúdos visuais capazes de alcançar o público-alvo de um negócio.

No que diz respeito à formação em Design Gráfico, esta pode ser encontrada em dois formatos, o bacharelado e o curso tecnólogo.

Quanto à qualidade dos cursos de Design Gráfico oferecidos no Brasil, de acordo com o Ranking Universitário Folha, os três melhores são os oferecidos pela USP, pela UFRGS e pela UFMG.

Tatuador

Para que se possa ser tatuador, é fundamental ter um bom conhecimento em ilustração.

De fato, esse profissional precisa ter muita segurança e domínio das técnicas de desenho, haja vista que erros podem gerar borrões indesejados no trabalho e comprometer a reputação do tatuador.

No que diz respeito à formação, embora muitos tatuadores sejam autodidatas, é claro que profissionais formados em Artes Visuais ou áreas afins passam mais credibilidade a seus clientes.

Ademais, um curso superior pode propiciar ao tatuador um conhecimento mais vasto sobre técnicas de ilustração. Esses conhecimentos poderão se tornar diferenciais para os clientes.

Quanto ao mercado para os tatuadores, é bom que se diga que este não para de crescer.

O estigma em torno dessa arte milenar já faz parte do passado. De fato, a tatuagem caiu no gosto de pessoas de todas as idades e classes sociais.

E você caro leitor do nosso blog, deseja atuar em uma profissão onde saber desenhar pode ser um grande diferencial? Aproveite o espaço para comentários abaixo e compartilhe com a nossa equipe a sua opinião!

Open post

5 formas de usar a nota do Enem para entrar na faculdade

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) surgiu em 1998 para avaliar a qualidade do Ensino Médio no país. Mais de 20 anos depois, mais do que avaliar o ensino, o Enem se transformou em uma forma de ingresso na universidade de diversas formas diferentes. É uma prova de enorme abrangência. Para se ter uma ideia, mais de cinco milhões de estudantes se inscreveram no Enem de 2019.

Você quer saber como fazer do Enem seu aliado para entrar na universidade? Confira neste artigo cinco formas de usar a nota do exame para conquistar seus objetivos. Aproveite que você está aqui e saiba também o que é bolsa integral. Boa leitura!

Entrar em uma universidade pública pelo Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um processo seletivo informatizado que seleciona estudantes para entrar em universidades públicas por meio da nota do Enem. Muitas universidades públicas utilizam a seleção do Sisu para preencher parte de suas vagas.

As inscrições do Sisu são gratuitas, abertas duas vezes ao ano (em janeiro e junho) e elegíveis apenas para quem realizou a edição mais recente do Enem e não zerou a nota da redação. Quanto maior a nota, maiores as chances de passar.

A pontuação mínima necessária para obter uma das vagas, bem como o peso atribuído a cada etapa da prova, varia de instituição para instituição, ou seja, a universidade tem esse poder de decisão. O Sisu não substitui o vestibular, geralmente é um processo complementar, pois diversas universidades oferecem vagas pelo Sisu e outras preenchidas pelo próprio vestibular.

Obter uma bolsa de estudos pelo ProUni

A universidade pública não é a única opção para quem não tem condições de bancar as caras mensalidades das universidades privadas. Se for esse o seu caso, você pode conseguir uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni), CRIADO EM 2004. Para concorrer no processo regular de seleção, o candidato também precisa ter feito a última edição do Enem.

Caso haja vagas sobrando após a primeira etapa, um novo período de inscrição é aberto, e nesse caso também quem realizou o Enem em anos anteriores (a partir de 2010) podem concorrer às vagas.

A nota mínima que deve ser alcançada no Enem são 450 pontos na média das provas objetivas e a redação deve ter nota superior a zero. As bolsas oferecidas pelo ProUni podem ser parciais ou integrais e são direcionadas a estudantes de cursos de graduação e cursos de graduação de formação específica

Conseguir financiamento estudantil pelo FIES

O Fundo de Investimento Estudantil (FIES) é um programa de financiamento estudantil que desde 2015 passou a exigir, em sua seleção, a nota do Enem de quem concluiu o ensino médio até 2010. Por meio dele é possível obter um financiamento a juros baixos, a ser pago somente depois de formado.

Vale dizer que conseguir um financiamento pelo FIES não é tão simples assim, pois os recursos têm diminuído nos últimos anos, mas quem quer estudar em uma das áreas de maior prioridade (formação de professores, engenharias e saúde) tem mais chances de obter o financiamento.

Complementar a nota do vestibular

Boa parte das universidades públicas permitem a utilização da nota do Enem como complemento à pontuação do vestibular. Portanto, o Enem não dispensa a realização do vestibular, mas pode ser um aliado para aumentar a pontuação geral e, consequentemente, as chances de conquistar a vaga na universidade pública.   

Cada universidade tem a prerrogativa de estabelecer suas próprias regras de utilização da nota do Enem, por isso é importante consultar o edital do vestibular para verificar as condições. Em geral a nota do Enem melhora o desempenho do aluno, pois o cálculo da nota final não considera a situação em que a nota do Enem prejudique o estudante, caso esta seja baixa. 

Entrar em uma universidade privada sem vestibular

É comum que universidades privadas aceitem a nota do Enem em seu processo seletivo como forma de ingresso direto às vagas. Assim, caso o candidato tenha a seu lado uma boa nota no exame, bastará que ele a utilize para conseguir uma vaga direta no curso desejado, sem precisar passar pelo vestibular.

A nota mínima exigida varia conforme a instituição de ensino e o próprio curso ofertado, mas em geral são aceitas as notas das edições do Enem de um curso para outro e de uma universidade para outra. De modo geral, são aceitas as notas de qualquer edição do Enem a partir de 2010, mas em alguns cursos basta não ter zerado a nota da redação.

Open post
Estudar em casa

7 Dicas para render mais estudando pelo computador.

Realizar um curso EAD pode ser uma grande escolha a se fazer e implementar na sua rotina, já que fazendo seus estudos pelo computador, a sua sala de aula vai ser a sua casa e essa ajuda que a tecnologia está disponibilizando é sensacional para diversos tipos de pessoas.

Ainda que estudar em seu próprio computador facilita muito na rotina do seu dia-a-dia, na internet hoje em dia existem vários tipos de armadilhas para que você perca a sua concentração durante o seu estudo. De acordo com pesquisas realizadas, os brasileiros passam em média 9 horas conectados e é o terceiro país no mundo que mais usa a internet.

Estudar em casa

Para que seu computador e sua internet sejam seus aliados nos estudos a distância, o primeiro passo para isso é obter a licença do windows original,assim você estará seguro, pois estará utilizando um software original sem risco de ser hackeado.

Vamos mostrar na continuidade desse artigo, dicas para que você possa render muito mais estudando pelo seu computador.

Encontre a melhor maneira para que você possa aprender

Cada um tem seu próprio jeito de estudar e memorizar os conteúdos, e fazendo seus estudos pelo computador, além de vários meios para que você possa estudar da melhor maneira, também possui um fator muito importante para que tudo siga conforme o planejado que é o tempo.

De uma maneira geral, para aprender o conteúdo programado, algumas pessoas precisam ouvir a matéria, já outras preferem aprender assistindo uma aula online, já outras precisam assistir e fazer anotações sobre o conteúdo em destaque, isso não importa, você deve encontrar a melhor maneira para você aprender.

Estudar no conforto de sua casa

Outra dica importante para você render mais estudando pelo computador, é encontrar o melhor local para você estudar, um bom local é o lugar mais tranquilo que existe na sua casa, onde sua conexão com a internet seja boa, e um ambiente onde ninguém vai ficar fazendo barulho enquanto você estuda em seu computador.

Estudar em casa

Fique sempre atento a sua postura, pois como estamos estudando em casa, passamos a nos sentir mais confortáveis e consequentemente podemos passar longos períodos com a postura errada, podendo acarretar mais tarde em dores musculares.

Faça a organização de seu computador

Essa é outra dica para você entender mais estudando em casa, organize seu computador e suas matérias por pastas, para que você nunca perca o conteúdo estudado, assim suas matérias e conteúdos ficaram muito bem organizados para todos os dias ao iniciar seus estudos.

Se por acaso o seu computador estiver totalmente desorganizado, tire 5 minutos antes de estudar para colocar em ordem e assim deixar o seu computador totalmente organizado e voltado para você.

Algumas pessoas costumam organizar seus estudos em pastas por semestres, outras por disciplina, isso vai de você, a maneira com que se sente mais organizado para você estudar da melhor forma possível.

Use a tecnologia a seu favor

Para te ajudar a estudar, a tecnologia está do seu lado quando se estuda em seu computador, utilizando o google docs ou o OpenOffice você pode criar documentos online ou offline para os seus conteúdos a serem estudados.

Para armazenar e compartilhar seus arquivos com amigos, utilize o Google Drive o Dropbox ou também utilizar o 4Shared. Estudar em seu computador pode te trazer esses benefícios, aproveite.

Criar metas é fundamental

Estudar em casa

Fazendo a divisão das suas tarefas em pequenas fatias diárias, vai te ajudar e muito para a divisão de todo o conteúdo que precisa ser estudado em seu computador, fazendo isso você vai rompendo pequenas barreiras até chegar no objetivo final, encurtando e muito o seu caminho até a conclusão dos estudos.

Faça o gerenciamento o seu tempo

Depois de criar as suas metas, faça o gerenciamento de seu tempo, já que você já sabe o que tem que fazer, gerenciar o tempo fica muito mais fácil, utilize as micro metas feitas e depois disso gerencie o seu tempo de acordo com elas.

A internet é sua biblioteca

Utilize a internet para ser sua aliada nos estudos, quando você está estudando em seu computador, use todos os fatores ao seu favor, e a internet é uma delas, com ela você vai ter acesso a livros, educação, obras de arte e todo o conhecimento necessário sobre o planeta Terra inteiro.

Utilize tudo a sua volta para que seu estudo pelo seu computador seja produtivo, mas com certeza utilizando todas as dicas que mostramos acima você vai se dar muito bem, e seus estudos vão render bons frutos.

Open post

Estudar no Exterior Intercâmbio

Cada país e instituição de ensino tem costumes distintos de admissão de seus futuros alunos, e variam de acordo com o que você quer de estudar na instituição, de maneira geral,se você tiver interesse em um curso acadêmico ou técnico, você deve estar procurando por uma escola de referência (melhor) no ramo em que busca estudar. Para entrar em uma universidade ou instituição de ensino seja para se graduar ou estudar uma língua, você deve estudar bastante mesmo antes de viajar, tirar notas altas e participar de atividades extracurriculares, dependendo do seu grau de inteligência você saberá se vai conseguir participar ou não de um processo seletivo no exterior. Isso mesmo, não basta somente ter o valor das mensalidades estipuladas pelas escolas estrangeiras, para entrar nas melhores escolas de ensino você deve estar ao nível delas.

A primeira coisa que você deve fazer e visitar o site e saber mais sobre o destino do curso que voce tem interesse, existem vários chats e forums disponíveis na internet onde você consegue conversar e tirar suas dúvidas direto com os estudantes. Podendo assim saber dicas e se planejar melhor ate o dia da sua partida.

Você também deve ter toda a sua documentação pessoal em dia, tanto a documentação de tradução juramentada de documentos pessoais ate a carteira de vacinação, todos os países exigem que seus documentos estejam em dia, sem data de validade, para que não tenha nenhum erro quando você já estiver la. Pois será muito difícil você resolver alguns problemas de longe.

Uma outra questão que devemos nos atentar e nas oportunidades que as escolas oferecem la fora, sim, eles sempre fornecem bolsas de estudos e promoções para seus futuros alunos.
Isso e muito importante porque além do valor que voce tera que dispor nas mensalidades da escola, voce tera que desembolsar um valor para se sustentar no pais, Dependendo do país escolhido viver no exterior pode te custar mais do que você imagina, então e muito importante que você se mantenha sempre informado de todas essas oportunidades de desconto que as instituições de ensino oferecem.

A questão mais importante e após o pagamento das taxas e feito a sua inscrição você deve dar entrada no seu visto de estudante, isso mesmo O visto é o seu bilhete dourado, no país Só com ele você consegue a permissão para entrar no país.  O processo de solicitação e custos para conceder um visto de estudante a um estrangeiro varia de escola para escola.

Essas são algumas informações que você precisa saber antes de embarcar nesse sonho de estudar no exterior.

Boa sorte.

Plano de saúde: Como escolher?

Uma rotina de cuidados com a saúde vai muito além de procurar um médico ao sentir dor ou notar os primeiros sintomas de possíveis alergias, infecções ou outras doenças. O stress provocado pela rotina atribulada, segundo publicação do blog do Ministério da Saúde, provoca diversos impactos na saúde, e o cansaço, a pressão psicológica no trabalho ou na rotina familiar, o sedentarismo e a falta de cuidados com a alimentação poderem favorecer o aparecimento de doenças e agravar problemas de saúde crônicos. A prevenção e o acompanhamento médico regular são fundamentais para uma boa qualidade de vida e também para garantir o diagnóstico precoce em casos de doenças graves, aumentando as chances de cura. Para isso, é importante contar com um plano de saúde que permita realizar consultas e exames periódicos com conforto e qualidade.

atendimento médico

A segurança e a rapidez no atendimento são alguns dos benefícios oferecidos pelos planos de saúde. Atualmente, a possibilidade de escolher entre diferentes tipos de cobertura e preço também estão entre as vantagens oferecidas pelas empresas que atuam nesse segmento. Porém, por apresentarem variações significativas de um plano de saúde para o outro, é fundamental estar atento a todos os detalhes na hora de assinar o contrato. Atente-se não apenas ao preço, mas à inclusão de serviços que são importantes para amparar as necessidades específicas de cada beneficiário.

Qual o melhor plano de saúde?

Diferentes aspectos devem ser avaliados na hora de escolher o melhor plano de saúde para sua família ou para os funcionários de sua empresa. Entre esses aspectos está a rede credenciada, ou seja, a quantidade, a qualidade e até mesmo a localização dos consultórios médicos, clínicas e hospitais conveniados. Uma rede credenciada ampla e acessível, com diferentes unidades de atendimento e especialidades médicas variadas, é fundamental para garantir a agilidade no agendamento e a qualidade dos tratamentos. Além disso, é preciso estar ciente sobre a cobertura de exames e internações, que podem contar ou não com coparticipação do beneficiário.

Outro ponto importante é avaliar as vantagens e custos de adquirir um plano familiar ou aderir ao plano empresarial ao invés de optar pelo plano de saúde individual. Convênios coletivos costumam custar menos e propiciar os mesmos benefícios, mas seus diferentes tipos de cobertura precisam ser avaliados de acordo com a necessidade de cada grupo familiar ou empresa. É importante estar atento também às cláusulas de coparticipação e carência.

1.      Plano de saúde familiar

Os planos de saúde familiares são planos contratados para atender o titular e os membros de sua família. Contratar um plano familiar geralmente possui melhor custo benefício com relação aos planos individuais, porém, é preciso consultar a existência ou não de restrições com relação ao número de dependentes permitidos e ao grau de parentesco e idade dos familiares que podem ser incluídos. Outro ponto importante ao contratar um plano e saúde familiar é observar se a modalidade contratada oferece cobertura para especialidades importantes para o núcleo familiar do contratante. Mulheres que pretendem engravidar, por exemplo, devem observar as condições para tratamento obstetrício. Famílias que desejam contratar um plano de saúde para idosos também devem estar atentas ao tipo de cobertura tanto para tratamentos de doenças crônicas como para acompanhamento regular multidisciplinar que propicie qualidade de vida a essas pessoas, cuja expectativa de vida é cada vez maior.

idosa em atendimento

2.      Plano de saúde empresarial

É um plano coletivo através do qual as empresas oferecem plano de saúde como benefício aos colaboradores. Os planos de saúde empresariais costumam exigir um número mínimo de pessoas, e, em alguns casos, podem contemplar também os familiares dos funcionários como dependentes do colaborador. Atualmente, grande parte das empresas de plano de saúde possui a opção de planos coletivos para empresas, e o valor cobrado depende do tipo de cobertura e do número de funcionários. É preciso estar atento às condições de adesão, ou seja, o valor que a empresa descontará mensalmente e quais são as cobranças extras que podem ser feitas na folha de pagamento, uma vez que é comum que haja cobrança, além da mensalidade, de coparticipação tanto para consultas como para exames médicos.

O que é coparticipação em plano de saúde?

Alguns contratos de plano de saúde preveem a cobrança extra, além da mensalidade contratada, sobre determinados procedimentos ou exames médicos. A coparticipação deve estar prevista em contrato, e deve obedecer as regras de aplicação definidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS. Em 2018, a ANS atualizou as diretrizes que regulam os limites da coparticipação através da Resolução Normativa nª 433, com o objetivo de proteger o consumidor de cobranças abusivas. Ao contratar um plano de saúde é importante verificar a concordância entre as cláusulas de coparticipação e as restrições estabelecidas pela ANS, que isenta o beneficiário de coparticipação em alguns tipos de exames preventivos e tratamentos de doenças crônicas, como o câncer.

O que é carência em plano de saúde?

O período de carência é um intervalo de tempo determinado pela operadora do plano de saúde em que o beneficiário pode ter restrições para utilizar determinados tipos de exames ou assistências médicas. Ainda que já esteja pagando a mensalidade, o beneficiário pode não ter acesso a cobertura completa contratada durante o período de carência. Essas restrições devem ser previstas em contrato e, assim como os limites da coparticipação, a carência deve ser estabelecida de forma a respeitar os limites legais. Os prazos de carência podem variar conforme a empresa e o plano contratado.

Quando o assunto é saúde, prevenir é semprePlano de saúde: Como escolher?Plano de saúde: Como escolher? a melhor escolha. Mais que isso, contar com atendimento ágil e de qualidade em situações de urgência e emergência pode fazer toda a diferença. Por isso, contratar um plano de saúde exige pesquisa e atenção a cada detalhe. Consulte diferentes operadoras sobre tipos de planos disponíveis, rede credenciada, especialidades médicas e tratamentos inclusos, além de solicitar informações sobre coparticipação e carência para contratar o melhor plano de saúde para sua família ou empresa. Com a cobertura ideal, sua saúde e o bem estar dos seus entes queridos e funcionários estarão preservados.

Posts navigation

1 2 3 4
Scroll to top